5 Dicas Essenciais Para Manter o Bilinguismo Dos Filhos

Ensinar línguas a crianças pequenas é fácil: elas realmente são como esponjas. O problema vem na hora de manter o uso da linguagem. Muitos pais começam a aventura do ensino bilingue a todo vapor, empolgados com a idéia de filhos poliglotas, porém desanimam quando a prole começa a se recusar a falar a língua ensinada. Então, como fazer para que seu filho não apenas aprenda duas línguas, mas também continue falando-as por toda a vida? Aqui vão algumas dicas:

1) Escolha um método e seja consistente.

Converse com seu parceiro ou parceira e decida qual será a melhor maneira de introduzir duas línguas aos seus filhos. Vocês dois irão falar a língua de herança em casa o tempo todo? Cada um vai falar com o filho em uma língua? Não importa o método escolhido, o mais importante é ser consistente. Seja firme com o uso da língua de herança. Seu filho vai preferir usar a língua majoritária do país – isso é natural. É sua responsabilidade insistir no uso da língua que você quer ensinar.

2) Não misture línguas.

Quando a gente está morando fora, é fácil esquecer palavras e começar a misturar a língua do país onde moramos com a nossa língua materna. Porém, para que seu filho aprenda a falar bem a língua de herança é preciso que você dê o bom exemplo e fale da maneira mais correta possível: sem estrangeirismos. Se você não se esforçar para achar as palavras certas na língua que está ensinando, que incentivo seu filho terá para fazer o mesmo?
Mesmo que seu filho fale com você na língua majoritária do país onde você mora, responda sempre na
língua de herança.

3) Exponha seus filhos a língua de herança diariamente.

Uma criança precisa ser exposta a uma língua por pelo menos 30% do tempo para aprender a falar bem. Isso é o mínimo, porém é recomendável também enriquecer o vocabulário do seu filho investindo em livros, CDs, e DVDs. É importante também expor a criança a outras pessoas que falem a língua de herança. Por isso, organize conversas pelo Skype com os avós e procure programas culturais na língua que você está ensinando.

4) Ignore o palpite mal-informado dos outros.

Bilinguismo não causa atraso na fala e nem dificuldades na escola. Infelizmente, ainda há muita falta de informação sobre crianças que crescem aprendendo duas línguas e até profissionais, como medicos, professores e fonoaudiólogos, às vezes tentam convencer os pais de falarem apenas uma língua com os filhos. Este conselho não poderia ser mais sem fundamento. O bilinguismo não apenas não atrapalha o aprendizado, como também dá à criança várias vantagens cognitivas para toda a vida.

5) Promova as vantagens do bilinguismo.

Ajude o seu filho a entender o quanto é importante falar mais de uma língua. Se ele já tiver idade para entender, converse com ele sobre empregos que exigem o conhecimento de várias línguas e fale de pessoas bemsucedidas que são bilingues ou poliglotas. Mantenha também laços fortes com a família que fale a sua língua materna. Brincadeiras com tios, avós e primos são uma ótima maneira de manter a língua de herança relevante para os pequenos.

-- Fim do artigo --
-- Fale com o autor (em português ou inglês) com o Facebook Comments abaixo da propaganda --

Livros infantis em português para brasileirinhos nos EUA. Veja abaixo!

New
Sale!

Portuguese

Sapo Cururú

Rated 4.75 out of 5
$14.99 $9.99
Sale!

Portuguese

Alecrim Dourado

Rated 5.00 out of 5
$14.99 $9.99
Rated 5.00 out of 5
$8.99
Rated 5.00 out of 5
$14.99
Sale!

Portuguese

Alecrim Dourado

Rated 5.00 out of 5
$14.99 $9.99
Sale!

Portuguese

Sapo Cururú

Rated 4.75 out of 5
$14.99 $9.99